Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Métodos de custeio e formação de preços de venda para indústria pirotécnica
estudo de caso da cidade de Santo Antônio do Monte



Pereira, Humberto Gomes (Autor)

ADMINISTRAÇÃO, GESTÃO, NEGÓCIOS, ESTUDO DE CASO, MÉTODOS, CUSTEIO, FORMAÇÃO DE PREÇO, CUSTOS, ORGANOGRAMA, PREÇO


Sinopse

MÉTODOS DE CUSTEIO E FORMAÇÃO DE PREÇOS DE VENDA PARA INDÚSTRIA PIROTÉCNICA: Estudo de Caso da Cidade de Santo Antônio do Monte, de autoria de Humberto Gomes Pereira, tem como objetivo auxiliar na prática de ensino de custos, compra e venda, analisando e propondo um sistema de custeio e de formação de preços de venda que melhor se adapte às necessidades das indústrias. O livro apresenta como estudo de caso, as importantes fases e setores que constituem a produção de uma indústria de produção de fogos de artifício, da cidade de Santo Antonio do Monte.

Metadado adicionado por Paco Editorial em 13/10/2021

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Paco Editorial

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9786558406624
  • Livro Impresso
  • Métodos de custeio e formação de preços de venda para indústria pirotécnica
  • estudo de caso da cidade de Santo Antônio do Monte
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Pereira, Humberto Gomes (Autor)
  • ADMINISTRAÇÃO, GESTÃO, NEGÓCIOS, ESTUDO DE CASO, MÉTODOS, CUSTEIO, FORMAÇÃO DE PREÇO, CUSTOS, ORGANOGRAMA, PREÇO
  • Educação
  • 650
  • BUS000000, BUS087000
  • 2021
  • 01/09/2021
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 14 x 21 x 0.62 cm
  • 0.16 kg
  • Brochura
  • 120 páginas
  • R$ 45,90
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9786558406624
  • 9035
  • --

Sumário

PRIMEIRO CAPÍTULO
MÉTODOS DE CUSTEIO E FORMAÇÃO DE PREÇOS DE VENDA PARA INDÚSTRIA PIROTÉCNICA
Introdução
Objetivos
Objetivo Geral
Objetivos Específicos
Justificativa
Metodologia
Estrutura do trabalho
Limites do trabalho
SEGUNDO CAPÍTULO
SANTO ANTÔNIO DO MONTE – A CAPITAL BRASILEIRA DOS FOGOS DE ARTIFÍCIOS
2.1. História da cidade
2.2. Revolução mineira
2.3. Emancipação
2.4. História dos fogos
2.5. A situação atual das indústrias pirotécnicas de Santo Antônio do Monte
2.5.1. Estudo de caso
Conclusão
TERCEIRO CAPÍTULO
ANÁLISE COMPARATIVA DOS ATUAIS SISTEMAS DE CUSTOS
3.1. O uso do custo para análise e decisão
3.2. Terminologias de custos
3.3. Classificação dos custos
3.3.1. Custos Diretos e Custos Indiretos
3.3.2. Custos fixos e custos variáveis
3.4. Custos para decisões e controles financeiro e gerencial
3.5. Bases para o conhecimento de custos
3.5.1. Princípios de custeio
3.5.1.1. Custeio por Absorção Total
3.5.1.2. Custeio Variável
3.5.1.3. Custeio por Absorção Ideal (Parcial)
3.5.1.4. Análise Comparativa entre os Princípios de Custeio
3.5.2. Métodos de custeio
3.5.2.1. Método de custo-padrão
3.5.2.2. Método dos centros de custos
3.5.2.3. Método das Unidades de Esforço de Produção (UEP)
3.5.2.4. Método do Custeio Baseado em Atividades (ABC)
3.5.2.5. Análise Comparativa entre os Métodos de Custeio
3.6. Os Custos por segmentos de mercado
3.6.1. Os Custos na indústria
3.6.2. Os custos no comércio
3.6.3. Os custos nos serviços
3.7. Gestão estratégica de custos
3.7.1. Conceitos
3.7.2. Objetivos
3.7.3. Princípios
3.7.4. Custeio meta
Conclusões do capítulo
QUARTO CAPÍTULO
POLÍTICA E FORMAÇÃO DE PREÇOS
4.1. Aspectos financeiros para formação dos preços
4.2. Estratégias mercadológicas para a formação de preços
QUINTO CAPÍTULO
PROPOSTA DE UMA SISTEMÁTICA DE CUSTEIO E FORMAÇÃO DE PREÇOS PARA A INDÚSTRIA PIROTÉCNICA
5.1. Proposta de sistemática de formação de custos para a indústria pirotécnica
5.1.1. A Indústria Pirotécnica e o Princípio do Custeio Variável
5.1.2. Utilização do Princípio do Custeio Variável na Indústria Pirotécnica
5.1.3. Utilização do Método de custo-padrão na Indústria Pirotécnica
5.2. Utilização do Princípio do Custeio Variável para formação de preços na Indústria Pirotécnica
5.3. Considerações sobre a sistemática ideal a ser proposta para o custeio e a formação de preços na Indústria pirotécnica
SEXTO CAPÍTULO
CONCLUSÕES E SUGESTÕES
Conclusões
Sugestões para trabalhos futuros
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS