Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Curso de psicologia do direito



Ferrareze Filho, Paulo (Autor)

Psicologia forense, Direito, Aspectos psicológicos


Sinopse

Para que as práticas judiciárias incorporem elementos da clínica psicanalítica é preciso não apenas deslegitimar o modelo tradicional, como também compreender as razões pelas quais o projeto civilizador propalado pelo Direito resiste em destituir juízes e tribunais do centro de ação desse sistema. Essa resistência pode ser explicada a partir da ilusão de que nosso desamparo psíquico originário e persistente pode ser solucionado a partir de substitutos fálicos como Deus ou o Estado. Para que as práticas judiciárias incorporem elementos da clínica psicanalítica, também é preciso compreender o que não deu certo no Direito: suas falhas, suas ineficiências, suas incoerências e sua interdependência. Se formos capazes de vencer aquela resistência e, antes de matar todos os deuses do Direito, recusarmos uma nova ocupação desse lugar de reitoria, estaremos então mais próximos de começar a tarefa de aproximação entre a clínica e a jurisdição.

Metadado adicionado por Tirant Lo Blanch Brasil em 23/03/2021

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Tirant Lo Blanch Brasil

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9786559081301
  • Livro Impresso
  • Curso de psicologia do direito
  • --
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Ferrareze Filho, Paulo (Autor)
  • Psicologia forense, Direito, Aspectos psicológicos
  • Educação
  • LAW000000
  • 2021
  • 12/03/2021
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 16 x 23 x 2 cm
  • 0.436 kg
  • Brochura
  • 284 páginas
  • R$ 90,00
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9786559081301
  • 9786559081301
  • --

Sumário

SUMÁRIO

AGRADECIMENTOS .....................................................................................9

APRESENTAÇÃO .........................................................................................11

PARTE I FUNDAMENTOS CAPÍTULO 1: INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA DO SUJEITO..................17

1.1 CORPO PULSIONAL.......................................................................17

1.1.1 Consciência ...........................................................................18

1.1.2 Inconsciente ..........................................................................18

1.2 ESTRUTURA DO CORPO PULSIONAL .......................................22

1.3 FORMAÇÕES DO INCONSCIENTE.............................................23

1.4 PULSÕES ..........................................................................................27

1.4.1 Pulsões de vida.......................................................................28

1.4.2 Pulsão de morte.....................................................................31

1.5 DINÂMICA DO CORPO PULSIONAL..........................................32

1.6 PSICOPATOLOGIAS .......................................................................35

1.6.1 Neurose.................................................................................38

1.6.2 Psicose...................................................................................41

1.6.3 Perversão ...............................................................................44

CAPÍTULO 2: INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA SOCIAL ..........................49

2.1 CORPO PSICOSSOCIAL.................................................................49

2.1.1 Consciência psicossocial.........................................................50

2.1.2 Inconsciente psicossocial........................................................52

2.2 ESTRUTURA DO CORPO PSICOSSOCIAL..................................53

2.2.1 Tradições................................................................................53

2.2.2 Fenômenos sociais da linguagem............................................57

2.2.3 O ar dos tempos ....................................................................60

2.3 FORMAÇÕES DO INCONSCIENTE PSICOSSOCIAL ................62

2.4 DINÂMICAS DO CORPO PSICOSSOCIAL ..................................65

2.5 PSICOPATOLOGIAS SOCIAIS NO BRASIL ..................................66

2.5.1 Machismo..............................................................................69

2.5.2 Autoritarismo ........................................................................79

2.5.3 Racismo.................................................................................87

2.5.4 Corrupção ............................................................................97

2.5.5 Consumismo ......................................................................101

PARTE II FENÔMENOS CAPÍTULO 3: DECISÃO JUDICIAL .........................................................111

3.1 ANTECEDENTES MITOLÓGICOS.............................................111

3.2 ASPECTOS BRASILEIROS.............................................................115

3.3 MECANISMOS DE CONTROLE DA ARBITRARIEDADE DAS DECISÕES JUDICIAIS ........................................................................118

3.3.1 Critérios narrativos do julgamento.......................................118

3.3.2 Critérios normativos do julgamento.....................................120

3.4 SUBJETIVIDADE E DECISÃO JUDICIAL...................................122

3.4.1 A dimensão inconsciente do fenômeno hermenêutico..........124

3.4.2 Intersecção entre psicologia e decisão judicial ......................125

3.4.3 Funções do ego....................................................................128

3.4.4 As múltiplas personalidades e seus (possíveis) impactos nos julgadores...............................................................................129

3.4.5 Neurociência e decisão judicial ............................................136

CAPÍTULO 4 - CRIME E TRANSGRESSÃO..............................................139

4.1 ASPECTOS JURÍDICOS E PSÍQUICOS DOS FENÔMENOS DE ULTRAPASSAGEM...............................................................................139

4.1.1 Interdição psíquica e norma jurídica ....................................140

4.1.2 Transgressão e crime.............................................................141

4.1.3 Culpa e pena........................................................................144

4.2 A PARTE OBSCURA DE NÓS MESMOS.....................................146

4.2.1 Violência(s)..........................................................................146

4.2.2 Crime e perversão................................................................149

4.2.3 Desvendando o crime e a transgressão: o papel da Criminologia ..152

4.3 ILHAS PSICOSSOCIAIS DE TOTALITARISMO LEGALIZADO..157

4.4 PSICOLOGIA SOCIAL E SENSACIONALISMO MIDIÁTICO INCRIMINADOR..........................................................161

CAPÍTULO 5: COMPLEXOS FAMILIARES..............................................169

5.1 LAÇOS E DESENLACES................................................................169

5.1.1 Formações ...........................................................................170

5.1.2 Crises...................................................................................174

5.1.3 Rupturas .............................................................................176

5.2 MÃES, PAIS, FILHAS E FILHOS ...................................................179

5.2.1 Guarda ...............................................................................180

5.2.2 Alienação parental................................................................180

5.2.3 Maternidade e paternidade socioafetiva................................182

5.2.4 Adoção ................................................................................184

5.2.5 Judicialização do abandono afetivo ......................................187

CAPÍTULO 6: RELAÇÕES DE TRABALHO .............................................189

6.1 PRESSUPOSTOS FILOSÓFICOS SOBRE O TRABALHO..........189

6.2 CLASSES, MÁQUINAS E TEMPO ................................................191

6.2.1 Classes sociais no Brasil........................................................191

6.2.2 As máquinas e as tecnologias................................................194

6.2.3 Tempo e trabalho.................................................................196

6.3 NEOLIBERALISMO.......................................................................198

6.3.1 Consequências jurídico-sociais.............................................202

6.3.2 Consequências psicossociais ................................................206

6.4 FENÔMENOS PSICOPATOLÓGICOS DAS RELAÇÕES DE TRABALHO....................................................................................212 6.4.1 Assédio e dano sexual...........................................................213

6.4.2 Assédio e dano moral...........................................................214

6.4.3 Síndrome de Burnout...........................................................215

PARTE III DEVIRES CLÍNICOS DO DIREITO CAPÍTULO 7: DESAMPARO E OBEDIÊNCIA .........................................219 7.1 DESAMPARO PSÍQUICO ORIGINÁRIO ....................................219

7.2 DESEJO DE OBEDIÊNCIA ..........................................................221

7.3 SUBSTITUTOS FÁLICOS NA HISTÓRIA DO OCIDENTE ......224

7.3.1 A verdade platônica .............................................................225

7.3.2 O Deus cristão.....................................................................226

7.3.3 O Estado moderno ..............................................................227

7.4 A SUBVERSÃO DA OBEDIÊNCIA EM SADE .............................229

7.5 A MORTE METAFÍSICA DO PAI EM NIETZSCHE ..................231

CAPÍTULO 8: CLÍNICA E JURISDIÇÃO..................................................235

8.1 DIAGNÓSTICOS NECESSÁRIOS ...............................................235

8.1.1 Práticas judiciárias tradicionais.............................................236

8.1.1.1 A (falta de) coerência pela via normativa.................236

8.1.1.2 A (falta de) autonomia do Direito...........................238

8.1.1.3 A (falta de) resultados eficientes..............................240

8.1.2 Modelos de subjetivação no Ocidente e no Oriente.............242

8.1.3 Ponto de mutação................................................................246

8.1.4 Usos da linguagem na clínica e na jurisdição........................248

8.2 DEVIRES CLÍNICOS DO DIREITO ............................................251

8.2.1 Devir teórico........................................................................255

8.2.2 Devir técnico .....................................................................257

8.2.3 Devir prático ......................................................................259

8.2.3.1 Mediação de conflitos.............................................260

8.2.3.2 Justiça Restaurativa.................................................262

8.2.3.3 Práticas sistêmicas...................................................265

REFERÊNCIAS ................................................................................267