Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Anos Loucos
Histórias da psicanálise às margens dos anos 1920 – Seguido do Diário de Sophie Halberstadt-Freud



Prado, Luiz Eduardo (Autor)

Psicanlálise, Anos 1920, Freud, Família, História


Sinopse

Criou-se lenda em torno de Freud, “puro espírito”, escrevendo, teorizando, nas nuvens, em mundo desencarnado. O exame atento de suas cartas mostra, no entanto, que seus inúmeros escritos teóricos frequentemente estão vinculados a pessoas e, estas, ligadas entre si. Neste livro, Luiz Eduardo Prado de Oliveira, com o apoio de Marta Raquel Colabone, revela algumas nuances da história da psicanálise.

A partir dos álbuns de família de Freud, ele analisa cartas, fotos, documentos inéditos para nos oferecer uma história da psicanálise humanizada. Enraizada não apenas na história da vida privada dos Freud, mas também no contexto social, político e estético que viria a fornecer o material e os contornos da própria psicanálise.

Contendo rico material inédito, como o Diário de Sophie, a filha de Freud vitimada pela pandemia da gripe de 1918 e mãe de Ernst, o menino do fort-da, este livro nos entrega histórias que foram deixadas à margem, mas que justamente delimitam o que corre no leito da psicanálise e que, ao mesmo tempo, se espraiam de um lado para o outro, invadindo territórios e fronteiras pouco desbravadas.

“Contamos histórias das margens da psicanálise. As margens então não são apenas duas. Guimarães Rosa nos mostrou a terceira margem do rio, esta, bem no centro.”

Metadado adicionado por Grupo Autêntica em 06/09/2022

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Grupo Autêntica

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9786559280612
  • Livro Impresso
  • Anos Loucos
  • Histórias da psicanálise às margens dos anos 1920 – Seguido do Diário de Sophie Halberstadt-Freud
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Prado, Luiz Eduardo (Autor)
  • Psicanlálise, Anos 1920, Freud, Família, História
  • Humanidades
  • PSY026000
  • --
    --
  • 2022
  • 17/10/2022
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 14 x 21 x 1.3 cm
  • 0.35 kg
  • Brochura
  • 232 páginas
  • R$ 59,80
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • --
  • 9786559280612
  • 38460
  • --

Áreas do selo: ArtesEducaçãoGastronomiaHumanidadesIdiomas e referênciaInfantojuvenilLiteratura estrangeiraLiteratura nacionalParadidáticos / LeituraParadidáticos / ReferênciaSaúde, esporte e lazerTécnicosTeoria e crítica literáriaTurismo

Autêntica conta com mais de 700 publicações em seu catálogo. Reconhecida por seu trabalho com o público acadêmico e por suas obras destinadas às áreas das Ciências Humanas, a editora foi crescendo com o passar dos anos e passou a publicar livros com temas mais abrangentes e diversificados, como literatura brasileira e estrangeira de qualidade, com nomes de peso como Maura Lopes Cançado, Ferreira Gullar e Virginia Woolf. O catálogo contempla também obras de Antropologia, Cultura Negra, Sociologia, Historiografia, Comunicação, Cinema e Teatro, Biblioteca Escolar, Linguística, Educação, entre outros. A editora assumiu o desafio de trazer para a língua portuguesa obras de Filosofia fundamentais para seus leitores. Exemplos dessa empreitada são a tradução bilíngue (latim-português) da Ética, de Spinoza, e o Vocabulário de Foucault – Um percurso pelos seus temas, conceitos e autores, do argentino Edgardo Castro. Em 2011, criou a coleção Filô, contemplando autores clássicos e contemporâneos da Filosofia, que vão de Platão e Espinosa, a Walter Benjamin, Giorgio Agamben e Slavoj Žižek. Publicações importantes em áreas mais específicas da Educação, como Pedagogia/Formação de Professores, Filosofia da Educação, Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação Matemática, Ensino da Escrita e da Leitura, História da Educação, entre outras, integram o catálogo. Atualmente, a editora aposta em publicações de luxo, com capa dura e acabamento sofisticado, de nomes como James Joyce, Rubem Braga, Campos de Carvalho, Foucault e Thomas Moore. Além disso, é a responsável pela publicação de O Sumiço, tradução em língua portuguesa de La Disparition, romance de Georges Perec todo escrito sem a letra “e”.

Saiba mais