Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Cultura, educação e violência no telejornalismo sensacionalista
pesquisa crítica



Pontes, Júlia da Silva (Autor), Zanolla, Silvia Rosa da Silva (Autor)

ciências sociais, comunicação, cultura, jornalismo, violênia


Sinopse

Experiências demonstram que é explícito o apelo à emoção do telespectador quando se coloca na tela da TV imagens chocantes, de extrema violência: pessoas em situações precárias de fragilidade, chorando, sangrando, sendo presas e mortas; vídeos de câmeras de segurança mostrando acidentes; pessoas arremessadas com crueldade e agressividade. Um verdadeiro "show" de horrores que pode ser visto ao vivo e em cores proporcionado pelos telejornais policiais sensacionalistas no Brasil. Nada é mais desumano do que a produção racional e técnica de tais conteúdos assistidos como mais um noticiário qualquer, mesclando-se a momentos de refeição e a comentários que expressam certo costume àquele tipo de notícia; uma banalização, como se tais violências fossem algo normal, do tipo: "é assim mesmo, vida que segue". Paralelamente a essa indiferença e aceitação, nota-se a presença de comentários de ódio direcionados aos protagonistas (algozes) das notícias, algo advindo não só da construção da notícia – que, pelo recurso da emoção, tende a dramatizar os fatos e criar uma vitimização intensa –, mas, principalmente, das próprias falas do apresentador do programa, que teatralmente incentiva a pena de morte – de modo sutil ou não – como forma de resolução de questões apresentadas, ao tempo que se descontrola frente às câmeras, adjetivando pejorativamente os ditos "criminosos", "maníacos" e "vagabundos", indignado com "tamanha injustiça ao cidadão de bem". Diante de tais cenas, torna-se perceptível o objetivo "da sede pela audiência" em detrimento da informação de qualidade formativa e da ética na apresentação e apuração do conteúdo.

Metadado adicionado por Editora Mercado de Letras em 24/09/2021

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Editora Mercado de Letras

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9786586089585
  • Livro Impresso
  • Cultura, educação e violência no telejornalismo sensacionalista
  • pesquisa crítica
  • 1 ª edição
  • Série as dimensões da formação humana
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Pontes, Júlia da Silva (Autor), Zanolla, Silvia Rosa da Silva (Autor)
  • ciências sociais, comunicação, cultura, jornalismo, violênia
  • Paradidáticos / Referência
  • 070.195
  • LAN000000
  • --
    --
  • 2021
  • 20/09/2021
  • Português
  • Brasil
  • acima de 12 anos
  • Não recomendado para menores de 12 anos
  • 14 x 21 x 1.5 cm
  • 0.342 kg
  • Brochura
  • 240 páginas
  • R$ 62,00
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9786586089585
  • 9786586089585
  • --

Sumário

SUMÁRIO

PREFÁCIO 9
Simei Araújo Silva

APRESENTAÇÃO 13

INTRODUÇÃO 15

1 - IDEOLOGIA CAPITALISTA E (DE) FORMAÇÃO DO INDIVÍDUO 29

2 - APURAÇÃO SENSACIONALISTA NO JORNALISMO POLICIAL E SUA REPRODUÇÃO IDEOLÓGICA DA VIOLÊNCIA 73

3 - “BRASIL URGENTE” E “CIDADE ALERTA”: UMA ANÁLISE DA APURAÇÃO SENSACIONALISTA DA VIOLÊNCIA 117

CONSIDERAÇÕES FINAIS 175

REFERÊNCIAS 179

APÊNDICES 187