Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Racismo e relações sociais brasileiras



Catalano, Danilo Espindola (Autor)

Racismo, Relações Sociais, Danilo Espindola Catalano


Sinopse

No momento em que observamos manifestações por todas as partes contra o racismo, também temos que pensar que embora elas estejam ocorrendo aqui também, ainda é necessário intensificar as formas de combate ao racismo, transformando as condutas sociais que possibilite a visibilidade da população negra brasileira.
As ações afirmativas e cotas são parte fundamental desse debate e é preciso que ele seja visto como uma reparação histórica contra o discurso de manutenção das desigualdades de uma população branca, ainda contrária a esse mecanismo, tratando as cotas como privilégio dos negros que se mantem na postura de vitimização na sociedade.
Uma ferramenta potente para debater o racismo é o audiovisual, considerando o caráter imagético da sociedade contemporânea. O cinema, nos dizia Glauber Rocha na Uma Estética do Fome, deve ser pensado como um manifesto, deve ser revolucionário em sua forma e seu conteúdo.
Em Racismo e Relações Sociais Brasileiras, Danalo argumenta que uma ferramenta potente para debater o racismo é o audiovisual, considerando o caráter imagético da sociedade contemporânea. O cinema, nos dizia Glauber Rocha na Uma Estética do Fome, deve ser pensado como um manifesto, deve ser revolucionário em sua forma e seu conteúdo.
Nascido em São Paulo no dia três de janeiro de 1995, viveu toda sua vida indo nas férias para a cidade natal de sua mãe, Casa Branca (SP), fazendo-o conhecer duas realidades de vida, a da capital paulista e a do interior do estado. Mudou de colégio aos seis anos, para vir a passar treze anos no colégio Equipe, que lhe abriu a mente, conhecendo uma de suas inspirações pessoais, Raymundo Campos, que durante sua monografia lhe mostrou como o estudo e a pesquisa são importantes para sua vida, o que lhe deu base para criar seu primeiro trabalho acadêmico, junto a seu intercâmbio para tornar-se fluente em espanhol na escola internacional de línguas, COINED em Santiago d0 Chile, lhe deu a ideia do trabalho que analisa as ditaduras do Chile e do Brasil. Ao começar sua graduação em 2015 na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, começou sua primeira obra literária, Os cinco anciãos, que tem muito dos seus conhecimentos no primeiro ano da faculdade, além de abrir margem a sua vida como escritor. Suas viagens para diversos países da América Latina, lhe dão base e conhecimento pessoal para seu blog pessoal, além de realizar um de seus maiores sonhos acadêmicos, ser especialista em América Latina e mostrar tudo sobre o continente para o Brasil, seu país natal. Formado em 2018 em Sociologia e política, começa suas aulas como aluno especial no programa de pós-graduação da Universidade de São Paulo, chamado, PROLAM na ECA e produzindo artigos para revistas de sociais do país e para a Rádio Interativa de São Paulo, começa em 2019, sua carreira como colunista e pesquisador, se preparando para seu sonho, mestrado em América Latina.
No começo de 2020, tornou-se membro Associado Colaborador do CLAEC – Centro Latino-americano de Estudos em Cultura.
Iniciando sua vida como pesquisador.

Metadado adicionado por Kotter Editorial em 08/10/2020

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Kotter Editorial

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9786586526349
  • Livro Impresso
  • Racismo e relações sociais brasileiras
  • --
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Catalano, Danilo Espindola (Autor)
  • Racismo, Relações Sociais, Danilo Espindola Catalano
  • Humanidades
  • SOC000000
  • 2020
  • 30/11/2020
  • Português
  • Brasil
  • acima de 12 anos
  • Não recomendado para menores de 18 anos
  • 16 x 23 x 1.5 cm
  • 0.1 kg
  • Brochura
  • 148 páginas
  • R$ 39,90
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9786586526349
  • 9786586526349
  • --