Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Etzel Andergast



Wassermann, Jakob (Autor), Faria, Octavio de (Tradutor), Senise, Maria helena Amoroso Lima (Tradutor)

etzel, romance, alemanha, literatura, jakob


Sinopse

De todos os romances de Jakob Wassermann, Etzel Andergast representa inequivocamente o ápice da força criadora e da capacidade de análise psicológica do romancista. Ao narrar a história do confuso Etzel Andergast, jovem de um passado familiar trágico que, à procura de uma figura paterna, elege desesperadamente o professor Joseph Kerkhoven como seu mestre, Wassermann apresenta um panorama da Alemanha durante a República de Weimar, um país prostrado pelas dívidas de guerra e oprimido pela crescente onda de ódio nacionalista. O romance ainda mostra que em uma sociedade espiritualmente doente, pronta para ser seduzida pela mística de um demagogo, a relação entre as gerações tende a ter um desfecho trágico e imprevisível.Etzel Andergast é o segundo volume de uma trilogia que começa com O processo Maurizius e termina com A terceira existência de Joseph Kerkhoven.Sobre o autorJakob Wassermann (1873–1934) foi um romancista e contista judeu alemão, considerado um dos maiores escritores da literatura alemã do século xx. Nascido em Fürth, cidade industrial próxima de Nuremberg, filho de um modesto comerciante, abandonou cedo a vida comercial imposta pelos pais para se tornar escritor. Em Munique, travou amizade com Thomas Mann, Rainer Maria Rilke e Hugo von Hofmannsthal, e publicou suas primeiras obras: Melusine (1896), Os judeus de Zirndorf (1897) e A história da jovem Renata Fuchs (1900), O Moloc (1902) e Alexandre em Babilônia (1904). Sua prosa psicológica e o estilo narrativo realístico, fortemente influenciado por Dostoiévski, alçou-o ao posto de um dos escritores mais lidos e traduzidos dos anos 1920–30, com as obras Kaspar Hauser (1908), O espelho de ouro (1911), O homem dos gansos (1915), Christian Wahnschaffe (1919), sua autobiografia Meu caminho como alemão e judeu (1921), para culminar com sua obra-prima: a trilogia composta por O processo Maurizius (1928), Etzel Andergast (1931) e A terceira existência de Joseph Kerkhoven (1934). Com a ascensão do nazismo, teve seus livros banidos na Alemanha e, apesar dos agravos financeiros e do exílio na Áustria, não deixou de cumprir com a sua vocação de escritor, granjeando a alcunha de “Dostoiévski do século xx”.

Metadado adicionado por CEDET em 11/10/2021

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Editora E.D.A.

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9786588732243
  • Livro Impresso
  • Etzel Andergast
  • --
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Wassermann, Jakob (Autor), Faria, Octavio de (Tradutor), Senise, Maria helena Amoroso Lima (Tradutor)
  • etzel, romance, alemanha, literatura, jakob
  • Literatura estrangeira
  • LCO000000, LIT000000
  • --
    --
  • 2021
  • 01/10/2021
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 15.5 x 23 x 2.9 cm
  • 0.803 kg
  • Brochura
  • 548 páginas
  • R$ 89,90
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9786588732243
  • 9786588732243
  • --