Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Imprensa, jornalismo digital e direito penal
aspectos materiais e processuais



Valente, Victor Augusto Estevam (Autor)

DIREITO PENAL


Sinopse

O LEITOR ENCONTRARÁ
- Liberdade de expressão
- Direitos da personalidade
- Direitos ao esquecimento, à desindexação e à desvinculação
- Tutela Penal da Intimidade
- Inquérito policial e procedimentos
- Comentários à Lei n. 13.188/2015 - direito de resposta

E muito mais!

CONFORME
- Lei n. 13.441/17, que alterou a Lei n. 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) para prever a infiltração de agentes de polícia na internet.
- Lei n. 12.891/13, com análise das propagandas eleitorais e notícias falsas "fake news".
- Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia (Regulamento 679/16) e Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (Lei n. 13.709/18).
- Lei n. 13.772/18, que tipificou o crime de registro não autorizado de intimidade sexual.
- Lei n. 13.718/18, que tipificou os crimes de importunação sexual e de divulgação de cena de estupro.
- Edição 130 de Jurisprudência do STJ (Teses de Crimes Contra a Honra).

POR QUE ESCOLHER O LIVRO IMPRENSA, JORNALISMO DIGITAL E DIREITO PENAL?
O desenvolvimento da democracia se condiciona ao nível de exercício do direito de se expressar e, simultaneamente, à capacidade de tolerância.

As liberdades de expressão e de imprensa são irrefragáveis à luz do Estado de Direito, eis que ambas guardam posição de preferência ("cluster rights") e, via de consequência, são indispensáveis para a salvaguarda dos demais direitos fundamentais.

Nada obstante, uma parcela dos veículos de comunicação social tornou-se fonte de poder e de industrialização, tanto no meio impresso como no ambiente digital, exercendo influências sobre a veracidade da informação, a autonomia da vontade, a opinião pública e, acima de tudo, a democracia.

Ao mesmo tempo em que facilitaram as relações humanas, esses veículos também se transformaram em palco de conflitos sociais, desencadeando discursos de intolerância ou incitação ao ódio ("hate speech") e até mesmo notícias falsas, chamadas de "fake news".

Não raro deparamo-nos com manifestações ofensivas ou inverídicas, sejam individuais, sejam coletivas, proferidas no ambiente digital e nos demais veículos de comunicação, configurando os mais variados ilícitos, sobretudo infrações penais, tais como crimes contra a honra e notícias falsas ("fake news"), eleitorais, de discriminação ou preconceito, de incitação ao crime ou apologia de fato criminoso ou de autor de delito, contra a dignidade sexual e de pornografia de vingança ("revenge porn"), de falsa identidade, entre outros.

Nessa senda, a liberdade de imprensa encontra limites nos direitos da personalidade, assegurando a legitimidade constitucional da tutela penal da intimidade nos quadros da imprensa e do jornalismo digital, envolvendo a proteção da honra, do esquecimento, da desindexação e da desvinculação na sociedade informacional.

Em síntese, o objeto da presente incursão consiste em analisar, por meio do tridimensionalismo jurídico e do diálogo das fontes, os aspectos materiais e processuais dos crimes praticados nos meios de comunicação social, com ênfase não só na imprensa escrita, televisiva ou falada, como também no jornalismo digital, sendo indispensável o estudo acerca das liberdades de expressão e de imprensa, dos direitos da personalidade e do esquecimento, da responsabilidade civil e da tutela penal da intimidade nos âmbitos do jornalismo e das redes digitais, do procedimento especial dos crimes contra a honra, da retratação, do direito de resposta ou de retificação, do pedido de explicações, entre outros.

CONHEÇA A COLEÇÃO

A Editora Juspodivm apresenta a Coleção Ciências Criminais (clique aqui), coordenada pelos professores Luiz Flávio Gomes e Rogério Sanches Cunha.

O seu objetivo é reunir obras de Direito Penal, Processo Penal, Criminologia e Política Criminal, subsidiando o estudante e o operador do direito com estudos profundos, sem deixar de lado a didática, discutindo os mais importantes temas das Ciências Criminais.

Busca-se estimular o leitor a conhecer e dominar todas as nuances dessa ciência.

A coleção nasce com intenção de criar espaço para trabalhos diferenciados que versem sobre temas específicos das Ciências Criminais. Um lugar onde os autores possam explorar a fundo esses temas que nos "Manuais" ou "Cursos" não recebem tanta atenção.

Desejamos também com a coleção lançar novos nomes nome mercado editorial. Dar oportunidade para jovens talentos e grandes trabalhos que, talvez por falta de apelo comercial, sofram para poder ver suas obras publicadas.

Além disso, resgatar clássicos das Ciências Criminais, que precisam ser relidos e que não merecem ser esquecidos, além de trazer nomes internacionais para que possam ofertar ao estudante e operador do direito brasileiro a leitura de suas obras traduzidas para nossa língua pátria.

Esperamos que a coleção venha a cumprir seu propósito científico.

Luiz Flávio Gomes e Rogério Sanches Cunha
Coordenadores

Metadado adicionado por Editora Juspodivm em 04/12/2019

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Editora Juspodivm

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9788544231272
  • Livro Impresso
  • Imprensa, jornalismo digital e direito penal
  • aspectos materiais e processuais
  • 1 ª edição
  • Ciências criminais
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Valente, Victor Augusto Estevam (Autor)
  • DIREITO PENAL
  • Concurso público
  • LAW027000
  • 2019
  • 22/11/2019
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 14 x 21 x 1.9 cm
  • 0.43 kg
  • Brochura
  • 448 páginas
  • R$ 94,90
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9788544231272
  • JUS0558
  • --

Áreas do selo: ArtesAutoajudaConcurso públicoTécnicos

Editora Jurídica, Livros de Direito, Livros OAB, Livros para Concursos. Com os melhores preços e ofertas exclusivas.

Saiba mais