Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Homicidas em série - Quem são eles?



Correia Junior, Rubens (Autor)

homicidas, psicopata, assassinos, rubens, correa


Sinopse

“Embora existam  numerosos  livros  sobre  os mais famosos assassinos, somente a partir  de  1985  começam  a  publicar  estudos  mais apurados sobre o assunto. O livro de Rubens Correia Jr. faz parte dessa orientação, mas diferenciando-se ao mesmo tempo, já que nos permite examinar os textos anteriores, mantendo um eixo de trabalho que leva do universal ao singular. No livro Rubens Correia Jr. trata de tudo isso, e tem como objetivo desvendar passo  a  passo  as  particularidades  de  como  surgiu  o  conceito  de  homicídio  em  série, como foi examinado pelos diferentes autores e investigar as diferentes arestas que  envolvem  o  tema  “assassinatos  em  série” e seus respectivos autores em suas diversidades  subjetivas.  É, sem  dúvida,  um  livro  indispensável  para  entrar  no  mundo do serial killer.”

Texto da Psicanalista argentina

Silvia Tendlar

Metadado adicionado por Tirant Lo Blanch Brasil em 09/12/2020

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Tirant Lo Blanch Brasil

ISBN relacionados

9788594772749 (ISBN do e-book em PDF)


Metadados completos:

  • 9788594772459
  • Livro Impresso
  • Homicidas em série - Quem são eles?
  • --
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • 1
  • --
  • --
  • Correia Junior, Rubens (Autor)
  • homicidas, psicopata, assassinos, rubens, correa
  • Educação
  • LAW026000, TRU002010
  • 2019
  • 01/01/2019
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 16 x 23 x 2 cm
  • 0.38 kg
  • Brochura
  • 275 páginas
  • R$ 80,00
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9788594772459
  • 9788594772459
  • --

Sumário

SUMÁRIO

AGRADECIMENTOS..............................................9

APRESENTAÇÃO.................................................11

PREFÁCIO......................................................15

PRÓLOGO......................................................23

SOBRE A CONSOLIDAÇÃO DA EXPRESSÃO “SERIAL KILLER” NA CONTEMPORANEIDADE.........................................27

SERIAL KILLER OU HOMICIDA EM SÉRIE?.......................30

1 -

O HOMICIDA EM SÉRIE – O SUJEITO

..........................

33

1.1.

O QUE É UM HOMICIDA EM SÉRIE..........................33

1.1.1.

“Homicida em série”.....................................34

1.1.2.

“Homicida em massa”....................................43

1.1.3

“Homicidas ao acaso”....................................50

1.2.

QUEM É UM HOMICIDA EM SÉRIE..........................53

1.2.1.

Os Homicidas em série, por eles mesmos.....................66

1.3.

COMO SÃO OS HOMICIDAS EM SÉRIE......................76

1.3.1.

Quanto ao planejamento do crime..........................77

Organizados.................................................77

Desorganizados..............................................80

1.3.2.

QUANTO AO LUGAR DO CRIME.........................84

Lugar específico..............................................84

Os viajantes.................................................86

Locais...................................................86

1.3.3.

QUANTO RAZÃO DO CRIME............................87

Sexuais...................................................88

Visionários..................................................88

Hedonistas..................................................89

Missionários.................................................89

1.3.4.

A ausência de motivos....................................90

1.3.5.

Os tipos de homicida em série..............................93

Anjos da morte...............................................94

Canibais...................................................96

Equipes e duplas............................................100

Oportunistas...............................................101

Estradeiros.................................................101

Vampiros..................................................103

Estripadores................................................104

Estupradores...............................................105

Necrófilos..................................................106

Estranguladores.............................................108

Pedófilos..................................................109

20

HOMICIDAS EM SÉRIE: QUEM SÃO ELES? - V. 1

 2 -

OS HOMICIDAS EM SÉRIE – A MENTE.........................113

2.1.

A MENTE DE UM HOMICIDA EM SÉRIE.....................113

1º - Fase Áurea...............................................114

2º - Fase da Busca.............................................114

3º - Fase da Caça..............................................114

4º - Fase da Captura...........................................115

5º - Fase do Homicídio.........................................115

6º - Fase da Depressão.........................................116

2.1.1.

E depois?..............................................117

2.1.2.

Complementos à teoria de Norris..........................118

2.2.

O DIFÍCIL DIAGNÓSTICO DOS HOMICIDAS EM SÉRIE......119

2.2.1.

O homicida em série nasce ou se torna um?..................121

2.3.

PSICOPATAS..............................................127

2.3.1.

As características da psicopatia............................135

Falta de empatia.............................................135

Ausência de remorso.........................................136

Egoísmo..................................................137

Ausência de medo...........................................137

Irresponsabilidade...........................................138

Manipulação...............................................138

Fantasias..................................................139

Desumanização da vítima.....................................140

Sadismo..................................................141

Características objetivas......................................142

2.3.2

A Tríade negra da personalidade...........................144

2.3.3.

Uma crítica à questão da psicopatia.........................147

2.3.4.

Os números...........................................149

2.4.

AS ESTRUTURAS DA MALDADE............................150

Escala Hare PCL-R..........................................151

O Quadro da psicopatia de Cleckley............................152

Críticas ao PCL-R...........................................154

O Índice da Maldade de Stone.................................156

A Estrutura da Maldade de Bollas...............................159

2.5.

QUANDO ELES PARAM DE MATAR.........................164

3 -

QUEM É CAPAZ DE SE TORNAR UM HOMICIDA................167

3.1.

ESTIGMAS – DO QUE SOMOS CAPAZES?. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .167

Síndrome E................................................171

Efeito Lúcifer...............................................176

O experimento de Milgram....................................186

A Onda..................................................190

Os olhos azuis..............................................193

A Banalidade do Mal.........................................195

4 -

OUTRO OLHAR SOBRE O HOMICIDA EM SÉRIE................201

4.1.

A PSICANÁLISE E O HOMICIDA EM SÉRIE..................201

4.2.

ID, SUPEREGO, EGO E O IMPULSO CRIMINOSO............205

SUMÁRIO 21

4.3.

OUTROS CONCEITOS PSICANALÍTICOS...................209

4.4.

PERVERSOS E PSICÓTICOS................................211

5 -

A CRIMINOLOGIA E O HOMICIDA EM SÉRIE..................217

5.1.

A CRIMINOLOGIA E A ANÁLISE DO COMPORTAMENTO VIOLENTO...............................................217

5.2.

A HISTÓRIA DA CRIMINOLOGIA E OS HOMICIDAS EM SÉRIE...............................................218

5.3.

A PROCURA DA NATUREZA CRIMINOSA – LOMBROSO E SEU CRIMINOSO IDEAL.......................................231

5.4.

OS MONSTROS E O POSITIVISMO..........................241

5.5.

DEMAIS APONTAMENTOS SOBRE A CRIMINOLOGIA E SUAHISTÓRIA................................................245

6 -

OS HOMICIDAS EM SÉRIE E A MÍDIA.........................249

6.1.

A CONSTRUÇÃO DO FASCÍNIO MIDIÁTICO DOS HOMICIDAS

SERIAIS..................................................249

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS......................263