Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Plea Bargaining



Gloeckner, Ricardo Jacobsen (Autor)

direito, processual, penal


Sinopse

O livro que o leitor possui em mãos tem a modesta pretensão de contribuir para uma discussão crítica em torno das potenciais mutações pelas quais passa o sistema de justiça criminal brasileiro. Em grande parte, vê-se cada vez mais concreta a progressiva erosão do direito processual penal em torno do advento de um modelo "negociado" de justiça penal. Este sistema "negocial" tem sido levado como objeto das principais reformas penais na América Latina mais recentemente. Também foi alvo de alterações profundas em muitos dos modelos europeus de sistema penal. A busca pela "eficiência" no sistema de justiça criminal é o axioma invocado para se introduzir mecanismos de negociação no processo penal e que correspondem efeitos deletérios em longo prazo, como a inexorável tendência ao hiperencarceramento.

Metadado adicionado por Tirant Lo Blanch Brasil em 20/11/2020

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Tirant Lo Blanch Brasil

ISBN relacionados

9788594774002 (ISBN do e-book em PDF)


Metadados completos:

  • 9788594774057
  • Livro Impresso
  • Plea Bargaining
  • --
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Gloeckner, Ricardo Jacobsen (Autor)
  • direito, processual, penal
  • Educação
  • LAW027000
  • 2020
  • 11/10/2019
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 16 x 23 x 1 cm
  • 0.301 kg
  • Brochura
  • 191 páginas
  • R$ 70,00
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9788594774057
  • 9788594774057
  • --

Sumário

SUMÁRIO

APRESENTAÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Ricardo Jacobsen Gloeckner

JUSTIÇA NEGOCIADA E COERÇÃO: REFLEXÕES À LUZ DA JURISPRUDÊNCIA DO TRIBUNAL EUROPEU DE DIREITOS HUMANOS . . 9
Lorena Bachmaier Winter

PLEA BARGAINING E A ESTRUTURA DO PROCESSO CRIMINAL . . . . . 41
Malcolm M. Feeley

POR QUE PLEA BARGAINS NÃO SÃO CONFISSÕES?...................61
Brandon L. Garrett

PAIXÃO ACUSATÓRIA, VIÉS COGNITIVO E PLEA BARGAINING. . . . . . . . 87
Alafair S. Burke

COMPREENDENDO A CURTA HISTÓRIA DO PLEA BARGAINING . . . 115
John H. Langbein

UM SISTEMA QUASE PERFEITO PARA CONDENAR OS INOCENTES . . . 127
Albert W. Alschuler

O PLEA BARGAINING NO PROJETO “ANTICRIME”: REMÉDIO OU VENENO? .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 149
Aury Lopes Jr
Vitor Paczek

UM “NOVO” LIBERALISMO PROCESSUAL PENAL AUTORITÁRIO? . . . . 175
Ricardo Jacobsen Gloeckner