Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Revista de direito das sociedades
ano III - Nº 1



Cordeiro, António Menezes (Autor)

Revistas


Sinopse

No fim do Verão de 2010, os mercados tomaram consciência da enorme dívida externa portuguesa, liderada pela do Estado. Fecharam- se os mercados financeiros à banca nacional, mau grado o seu estado saudável, o que levou a uma retração marcada no crédito. O País ficou na dependência do Banco Central Europeu, vendo-se obrigado a adotar medidas de austeridade sem precedentes. As sociedades são os agentes económicos fundamentais. Apenas elas, enquanto entidades organizadas, podem reagir: criando riqueza e defendendo os seres humanos que delas dependem. A RDS vai prosseguir nas suas tarefas: de aprofundar o estudo das leis, sempre difíceis, num prisma de aplicação justa e adequada e de acompanhar as consequências, nas sociedades, das medidas de correção que vêm sendo tomadas.

Metadado adicionado por Almedina Brasil em 07/12/2018

Encontrou alguma informação errada? Avise-nos

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9789724045184
  • Livro Impresso
  • Revista de direito das sociedades
  • ano III - Nº 1
  • 1ª edição
  • Revistas
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Cordeiro, António Menezes (Autor)
  • Revistas
  • Técnicos
  • LAW000000
  • 2011
  • 01/01/2011
  • Português
  • Portugal
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 16 x 23 x 1.77 cm
  • 0.47 kg
  • Brochura
  • 290 páginas
  • Disponível
  • R$ 174,00
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9789724045184
  • 9789724045184
  • --

Áreas do selo: ArtesEducaçãoGastronomiaHumanidadesInfantojuvenilLiteratura estrangeiraLiteratura nacionalSaúde, esporte e lazerTécnicosTeoria e crítica literária

O Grupo Almedina, fundado em 1955, é atualmente constituído pelas editoras Almedina, Edições 70, Actual Editora e uma rede de 11 Livrarias de norte a sul de Portugal. Com presença em Portugal, Brasil e Angola procura, seleciona e produz os melhores...

Saiba mais