Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Exu e a teologia do desalinho



Barbosa Júnior, Ademir (Autor)

espiritualidade, religiosidade, teológico umbandista


Sinopse

No que tange à espiritualidade, à religiosidade e às teologias umbandistas, respeita-se realmente a diversidade ou se pretende uma univocidade daqueles que se proclamam baluartes da religião, tão autoritários em desconsiderar a diversidade quanto aqueles que pretendem substituir, reduzindo toda e qualquer diferença, peculiaridade, particularidade a marmotagens? Sem a pretensão de esgotar o assunto este trabalho aponta alguns caminhos de reflexão a respeito do pensar-agir teológico umbandista.

Muito ainda há o que pensar-agir, desconstruir, decolonizar sobre as religiões tradicionais de terreiro, sobre a Umbanda em particular, notadamente sobre Exu e a Esquerda. A Teologia do Desalinho é uma pequena contribuição para mantermos nossas raízes, sem temermos também nossas asas. Além disso, contribui para ao menos minimizar o senso comum de que nossos terreiros são balcões de negócios, estereotipação que mais se pretende aderir a Exu, o Senhor do Movimento, da Troca, do Mercado. Cabe aqui uma reflexão específica.

Metadado adicionado por Metanoia Editora em 22/09/2021

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Metanoia Editora

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9786587559056
  • Livro Impresso
  • Exu e a teologia do desalinho
  • --
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Barbosa Júnior, Ademir (Autor)
  • espiritualidade, religiosidade, teológico umbandista
  • Religião
  • 299.672
  • REL117000
  • --
    --
  • 2021
  • 17/09/2021
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Não recomendado para menores de 16 anos
  • 14 x 21 x 0.1 cm
  • 0.138 kg
  • Brochura
  • 102 páginas
  • R$ 25,00
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9786587559056
  • 299.672
  • --

Áreas do selo: AutoajudaEducaçãoLiteratura nacionalReligiãoReligião / Espiritismo

Namastê vem de namah, do sânscrito, que quer dizer “entrega”, ou “reverência”, refere-se ao Ser, presente em todos os nomes e formas, viventes ou não, como sagradas e dignas de respeito. Namastê é mais bela expressão com que uma pessoa se dirige a outra, mostra o mesmo respeito que devemos ter com Deus, pois Namastê, no seu significado mais amplo declara “o Deus que habita no meu coração saúda o Deus que habita no seu coração”. Namastê é a percepção de que todos os seres humanos compartilham a mesma essência, utilizam a mesma energia para se manifestar com todos os seres vivos, o que os torna iguais perante o divino e produz a força pacificadora necessária às manifestações da diversidade humana. A Editora Metanoia escolhe a palavra Namastê como selo editorial, para publicações que apontem para o Bem Viver que tem como principais características a harmonia com a natureza, a reciprocidade, a relacionalidade, a complementaridade e a solidariedade entre pessoas e comunidades.

Saiba mais