Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Rei negro



Coelho Neto (Autor), Leal, Claudio Murilo (Apresentação)

Romance, Romance brasileiro, Escravidão


Sinopse

Neste romance, a beleza absoluta da natureza confunde-se com o horror, o orgulho e a perversidade do ser humano, na figura de senhores de escravos que humilham seus semelhantes de forma atroz. Eis a história de Macambira, um negro escravo que sonha com sua real linhagem que ficara na África e que sofre ao ver os de sua raça acorrentados, sob o severo jugo dos brancos. Sua trajetória é contada com maestria por Coelho Neto, que se destacou sobretudo no gênero regionalista. Em Rei Negro, Coelho Neto mostra o conhecimento que possuía do linguajar africano, o que dá ao romance uma nota bastante precisa da época em que os negros vindos da África aqui aprendiam e ajuntavam ao seu dialeto. O forte do escritor está nas descrições. Ele pinta de forma rica e minuciosa os quadros em que se movimentam seus personagens. A cada passo vamos encontrar um colorido que nos surpreende.

Metadado adicionado por Editora Batel em 29/06/2020

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Editora Batel

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9788599508312
  • Livro Impresso
  • Rei negro
  • --
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Coelho Neto (Autor), Leal, Claudio Murilo (Apresentação)
  • Romance, Romance brasileiro, Escravidão
  • Literatura nacional
  • FIC000000
  • 2011
  • 10/07/2011
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 14 x 21 x 1.1 cm
  • 0.3 kg
  • Brochura
  • 196 páginas
  • R$ 39,00
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9788599508312
  • 1043
  • --

Áreas do selo: ArtesAutoajudaHumanidadesInfantojuvenilLiteratura estrangeiraLiteratura nacionalReligião / EspiritismoSaúde, esporte e lazerTeoria e crítica literária

Criado em 2007, o selo Batel é o nome de fantasia da Editora, e se resume a um batel, um tipo de barco que carrega passageiros até o navio. Uma forma de pensar que uma das funções da editora é a de navegar e guiar seus clientes e leitores até as grandes plataformas da imaginação e da literatura.

Saiba mais